BNB viabilizou projetos da ordem de R$ 2 bilhões para a Copa

14 de Dezembro de 2012

Fortaleza (CE), 14 de dezembro de 2012 – O Banco do Nordeste já realizou 34 financiamentos a projetos ligados à Copa do Mundo de 2014, destinando R$ 858 milhões em recursos e viabilizando investimentos totais da ordem de R$ 2 bilhões. Os créditos foram empregados, em sua maioria, na rede hoteleira nordestina, beneficiando empreendimentos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe. Apenas nesse ano, 14 projetos relacionados à Copa foram financiados, totalizando R$ 236 milhões.

Os financiamentos se deram por meio das linhas FNE-Proatur e FNE-MPE Turismo, voltadas para ações estruturadoras da cadeia produtiva do turismo. As linhas contemplam investimentos, inclusive para aquisição de empreendimentos que constituam meios de hospedagem, com unidades já construídas ou em construção, além de capital de giro e aquisição isolada de insumos.

“É importante apresentarmos esses resultados na semana em que se comemora o bilionésimo turista pelo mundo, por meio de campanha apoiada pelo Ministério do Turismo. O Banco sempre foi um dos apoiadores do segmento, como articulador e agente financeiro em programas que têm papel significativo no desenvolvimento do turismo regional, como o Prodetur I e II e, agora, os relacionados à Copa de 2014, que preparam as cidades-sede para receber turistas de todo o mundo”, salienta o presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel Lanzarin.

No âmbito dos programas Prodetur I e II, o Banco financiou R$ 640 milhões, recursos que resultaram em projetos no valor de R$ 1,2 bilhão, somadas as contrapartidas estaduais.

Um bilhão de turistas pelo mundo
A campanha “um bilhão de turistas, um bilhão de oportunidades” foi lançada ontem, 13 de dezembro, pela Organização Mundial do Turismo. A iniciativa lembra que o turismo é força econômica em todo o mundo. Em 2011, a receita internacional movimentada pelo setor totalizou US$ 1,2 trilhão – aproximadamente 6% das exportações de bens e serviços. As viagens internacionais chegaram a 990 milhões.

As organizações internacionais calculam que o turismo é responsável pela geração de um em cada 12 empregos diretos no mundo. Com amplo efeito multiplicador, cada um deles gera 1,5 emprego em outros setores.

A expectativa de crescimento mundial, em 2012, é de 3% a 4%, a despeito da crise econômica. No Brasil, o turismo cresceu 6%, o dobro da média mundial. Responde por 3,7% do Produto Interno Bruto, segundo dados do IBGE e gera aproximadamente 2,8 milhões de empregos.

Fonte: Site BNB

https://www.bnb.gov.br/Content/aplicacao/Grupo_Principal/Nordeste_Noticias/conteudo/nordeste_noticias_detalhes.asp?lstrCodNoticia=3363